Publicidade

MP-AM pede condenação de rapaz de 22 anos que matou por atropelamento mulher em Manaus

Facebook
Twitter
WhatsApp

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) pediu a condenação do rapaz de 22 anos que atropelou a auxiliar de serviços gerais Andréia Trindade, de 46 anos, e não prestou socorro. Ela morreu na hora, no dia 26 de dezembro de 2022, enquanto esperava o ônibus para ir trabalhar.

Família e amigos protestam em frente ao Henoch Reis pedindo prisão de motorista que atropelou pastora na parada

O pedido do MP saiu na segunda-feira (11). De acordo com a promotora do MP-AM, Maria Eunice Bittencourt, o jovem deve responder pelo crime de homicídio culposo (quando não há intenção) com agravante de omissão de socorro.

Motorista que atropelou e matou mulher esmagada diz que dormiu ao volante

Para a família, só assim a justiça será feita. Andréia estava em um ponto de ônibus, na Avenida Coronel Teixeira, na altura do bairro Santo Agostinho, Zona Oeste de Manaus. O marido a acompanhou até o local e viu a própria esposa sendo morta, sem poder fazer nada.

‘Morreu nos meus braços’, desabafa marido da mulher que morreu esmagada por carro em Manaus

Os dois tinham estacionado uma motocicleta do outro lado da avenida e atravessado a via, para que ela esperasse o transporte coletivo na parada.

ADVERTISEMENT

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!