Motorista que atropelou e matou mulher esmagada diz que dormiu ao volante

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O condutor da picape que atropelou e matou Andréia Trindade, 46, se apresentou na Delegacia Especializada em Acidentes de Trânsito (Deat) junto com advogado, na noite desta terça-feira, 27/12.

O suspeito afirmou, em depoimento, que não ingeriu bebida alcoólica e que ele teria dormindo ao volante no momento que antecedeu a batida.

O delegado Temistocles Silva informou que não descarta impetrar com pedido de prisão preventiva contra o suspeito.

“Ele disse que passou o dia na casa de um amigo e dormiu por lá. Pela manhã saiu, disse que estava cansado e dormiu ao volante. Disse que não parou porque não viu ser um fato grave e seguiu para a sua residência”, informou Silva.

Leonardo foi indiciado pelos crimes de homicídio simples e lesão corporal.

Leia Também