Empresa alvo de protesto e pichação após morte de pastora em ponto de ônibus emite nota

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A empresa Via Alvorada, que foi alvo de pichação e protesto na tarde desta quarta-feira (27), após o atropelamento e morte da pastora Andréa Trindade de Oliveira, de 46 anos, emitiu uma nota prestando condolência aos amigos e família da vítima. A Hilux usada no dia do crime, segundo nota, era da locadora.

A Via Alvorada informou que o veículo estava sendo dirigido pelo filho de um dos sócios da empresa e que as circunstâncias do acidente serão esclarecidas. Ainda segundo a nota, alguns portais noticiaram de forma “inverídica” que o condutor do veículo estaria foragido.

Veja a nota:

Leia Também