Carreta que esmagou carro no Puraquequara está com documentação atrasada há três anos

Facebook
Twitter
WhatsApp

O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) informou que a carreta que esmagou um veículo na última sexta-feira (25), no bairro Puraquequara, Zona Leste de Manaus, está com a documentação atrasada há três anos. Dentro do carro estavam o motorista de aplicativo Rosinaldo Sarmento Viana, 51 anos, e a passageira Francinalva Costa da Silva, 37 anos. Eles morreram na hora.

ADVERTISEMENT

Motorista de app e passageira, vítimas do acidente com carreta, são identificados

Ainda segundo o IMMU, o veículo também recebeu quatro autuações, sendo elas por lacre, licenciamento, derramamento de carga e pneu careca. A carreta tentava subir um trecho íngrime, mas perdeu o controle por volta das 17h30 e esmagou o Fiat Argo de placas QZP-9C53 onde estavam as vítimas.

A empresa Transbetume Comércio e Transporte de Betume LTDA, responsável pelo veículo, lamentou o acidente.

“Vale informar que, no momento do acidente, a carreta executava serviços de transporte de betume (emulsão asfáltica) e estava carregado dentro do limite permitido. A empresa está colaborando com as autoridades policiais a fim de prestar todos os esclarecimentos necessários para a apuração dos fatos que provocaram o acidente”, disse a empresa.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!