Wilson divulga site ‘A verdade sobre eles’, com memória de escândalos nos governos Braga e Amazonino

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O governador do Amazonas e candidato à reeleição, Wilson Lima (União Brasil), anunciou, na noite desta quarta-feira (27/9), durante debate da Rede Amazônica de Televisão, o site ‘A Verdade Sobre Eles’ ( http://averdadesobreeles.kinghost.net/), com a memória de escândalos e problemas de gestão dos governos Amazonino Mendes e Eduardo Braga.

O site reúne material jornalístico do período em que Amazonino e Braga eram governadores. Manchetes de jornais como Diário do Amazonas, Em Tempo e A Crítica relembram casos de corrupção e o caos na saúde e segurança pública.

No site, é possível ler, na íntegra, reportagens sobre a herança deixada pelos ex-governadores, que se revezaram no poder por décadas.

“A casa Fantástica de Amazonino” e “MPF investigará mansão”, são duas das manchetes do jornal Diário do Amazonas’, de setembro de 2000, sobre possível uso de recursos públicos na construção da casa do então governador.

Manchetes de agosto de 2018 do jornal Em Tempo estamparam que “Escândalos marcam os governos de Amazonino” e que “Saúde está no fundo do poço”, com informações do Conselho Regional de Medicina do Amazonas (Cremam). O veículo também publicou matéria que mostra que Amazonino realizou 535 dispensas de licitação.

Casos de corrupção durante o governo de Eduardo Braga estamparam capas do jornal Diário do Amazonas, de 2008, como as matérias “Estado pagou R$ 17 milhões por série de obras fantasmas”, “Superfaturamento em obras de R$ 1,7 bilhão” e, em 2009: “Secretário de Braga já recebeu R$ 225 mil sem trabalhar”.

O caos na saúde em 2006, durante o governo Braga, também foi manchete do jornal A Crítica, como “Mães dão à luz no chão” e “Justiça decreta intervenção da Central de Medicamentos”. Em 2007, Eduardo disse que ‘insegurança é questão psicológica’, ao tentar explicar índices de criminalidade no seu governo, em matéria do jornal A Crítica, em 2007. Em 2008, o jornal também publicou a matéria “Manaus tem 2,5 roubos por hora”.

Leia Também