Autor do bordão ‘me dê, papai’, fenômeno nas redes sociais, morre em frente de bar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Iatami Alves Bezerra, de 56 anos, mais conhecido como “Zé Iaiá”, ficou famoso e conhecido após um vídeo dele viralizar em 2015. Com o bordão “me dê, papai”, o fenômeno das redes sociais morreu na tarde deste domingo (3), em Tauá, no interior do Ceará.

Segundo informações do G1, Zé Iaiá passou mal e desmaiou em frente a um bar na Rua Júlio Gonçalves da Silva, no Bairro Bezerra de Souza. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência chegou a ser acionado e foi ao local, mas ele morreu com uma parada cardíaca.

Nas imagens de Zé Iaiá que viralizaram, ele é questionado por outra pessoa se quer bolacha, leite ou comer, e ele responde negativamente, fazendo uma cara de choro. Quando perguntado se quer cachaça, Zé sorri e diz: “me dê, papai”.

O vídeo de Zé publicado no YouTube tem 1,6 milhão de visualizações e foi compartilhado em diversas páginas de humor.

Leia Também