Sogros são procurados suspeitos de sequestrarem e matarem rapaz em Presidente Figueiredo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Policiais da 37ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Presidente Figueiredo (133 quilômetros de Manaus), procuram por Maria da Conceição Souza de Almeida e João Erasmo Cardoso da Silva. O casal é suspeito de planejar a morte de Lucas Tavares Nascimento, de 24 anos, que foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (17), em lago no KM 84, na BR-174.

A vítima teria sido sequestrada na madrugada do sábado (12) pelo casal e vizinhos identificados apenas por Stanley e Geovan. De acordo com o delegado titular Valdinei Silva, Lucas namorava com a filha do casal, uma jovem de 20 anos, mas a mulher não aprovava a relação.

Por conta disso, a família não se dava bem com o rapaz e no dia do crime João Erasmo teria ameaçado os dois com um terçado, os fazendo fugirem. Após um tempo, a filha deles resolveu sozinha voltar para a casa, pegar os documentos e denunciar com Lucas o caso à polícia.

No entanto, em depoimento ao delegado, ela afirma que quando chegou no local os pais já estavam acompanhados dos vizinhos. Ela teria sido agredida com a mangueira da botija de gás e ainda estuprada. Do lado de fora da casa, Lucas ouviu e resolveu intervir, sendo pego.

O rapaz foi agredido, amarrado e colocado dentro do carro de Stanley. Brenda conseguiu fugir por um ramal e pediu ajuda na BR, onde foi levada até o posto policial e denunciou tudo o que tinha acontecido.

Entretanto, os pais negaram e disseram que ela era usuária de drogas, desacreditando tudo o que a filha falava. Na última quarta-feira (16), a polícia resolveu ir até a casa da família para saber se Lucas tinha aparecido, mas o casal e os vizinhos já tinham fugido.

Brenda estava com a sogra e foi informada pela polícia que as buscas iam ser iniciadas. Nesta quinta-feira (16), eles receberam uma denúncia e o corpo de Lucas foi encontrado.

Os quatro suspeitos são procurados por homicídio qualificado, estupro e lesão corporal contra a jovem. A polícia deve pedir a prisão preventiva.

Captura de Tela (150) b bCaptura de Tela (149)gbfg

Leia Também