Procurado por matar três mulheres, serial killer é preso no interior do Amazonas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Procurado desde junho de 2022, a Polícia Civil do Amazonas conseguiu prender, nesta segunda-feira (23), Natan de Melo Furtado, de 33 anos, no município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). Ele é suspeito de três feminicídios e considerado um “serial killer”, segundo a polícia.

Um dos assassinatos ocorreu no dia 22 de junho de 2022, no bairro Raiz, Zona Sul de Manaus, mas a polícia descobriu que ele está envolvido em outros dois ocorridos na cidade de Boca do Acre, interior do Amazonas.

Na capital, ele teria assassinado Leonor Maria Nascimento da Silva, de 57 anos, que levou cerca de 30 golpes de arma branca. A vítima possuía ainda sinais de tortura e segurava uma tesoura na mão. Leonor foi encontrada morta pelo próprio filho.

No ano de 2021, no dia 27 de junho, a vítima foi Ana Lúcia Barbosa da Silva e em 27 de setembro de 2016, Esmeralda Rocha da Cruz, de 51 anos. Ambas foram esfaqueadas e tiveram os corpos queimados.

Segundo a Polícia Civil, Natan praticou os crimes sem motivação aparente, apenas ódio por mulheres. Ele foi considerado um serial killer por executar as vítimas de forma parecida. Duas ele teve um relacionamento, mas a outra era solteira. Todas tinham mais de 40 anos e ele escolhia a dedo seus alvos.

Natan vai responder pelo crime de feminicídio e ficará à disposição da Justiça.

Leia Também