Suspeito de matar pedreiro por desavenças é preso em residencial, na zona Norte de Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
A Vítima foi atingida por seis disparos de arma de fogo efetuados por Rafael, que contou com a ajuda de outra pessoa para fugir do local.

Rafael Felipe Bernal Mesquita, de 26 anos, foi preso pela Polícia Civil, acusado de ter matado o ajudante de pedreiro Reinaldo Pereira da Silva, que tinha a mesma idade. O crime ocorreu em abril deste ano, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus.

De acordo com a polícia, o crime foi motivado por uma desavença entre Renildo e outra pessoa que ainda não foi identificada. “Nessa ocasião, Rafael foi até a casa de Renildo a fim de tirar satisfação sobre essa desavença; no entanto, ele não estava em casa. Sendo assim, Rafael na companhia de um outro indivíduo, que já está sendo investigado pela polícia, saiu à procura da vítima, que foi localizada e alvejada com seis disparos de arma de fogo”, informou Deborah Barreiros, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Ainda de segundo a delegada, testemunhas que estavam no local do fato informaram que Rafael estava na garupa da moto e foi o responsável por efetuar os disparos que atingiram Renildo.

Após investigação, os policiais conseguiram efetuar a prisão do suspeito nessa quarta-feira (03), em um residencial situado no bairro Santa Etelvina, zona norte da capital.

Rafael irá responder pelo crime de homicídio e será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Leia Também