Suspeito de desaparecimento tem prisão temporária decretada pela Justiça

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Nesta quarta-feira (15), a juíza Jacinta Silva dos Santos, da Comarca de Atalaia do Norte, no Amazonas, determinou o cumprimento de prisão temporária, de Oseney da Costa de Oliveira, suspeito no envolvimento no desaparecimento do indigenista Bruno Araújo e do jornalista inglês Dom Phillips, no dia 5 deste mês.

Segundo as informações, Oseney confessou o assassinato dos defensores da floresta e relatou detalhes macabros da morte. Esse relato será confirmado em coletiva de imprensa da Polícia Federal ainda nesta quarta.

O prazo de 30 dias da prisão temporária, prorrogáveis por mais 30, passa valer a partir da data do cumprimento do mandado de prisão. Oseney é o segundo suspeito preso.

Leia Também