Mandante da morte de sargento leva tapas e socos na saída da DEHS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Na manhã desta quinta-feira (27), Alexandre Borges de Oliveira, 20, um dos responsáveis pela morte do sargento da reserva da Polícia Militar do Amazonas, Evandro da Silva Ramos, 59, foi agredido por familiares da vítima na porta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Ele é namorado da neta da vítima, Thaysa Ramos Costa, 19, também responsável pelo homicídio. Juntos, eles planejaram e contrataram os pistoleiros para matar o sargento.

Alexandre confessou o crime em depoimento à DEHS. Após sair da delegacia, os familiares do sargento da reserva estavam revoltados a espera dos responsáveis pelo crime. O réu confesso estava saindo escoltado pelos policiais quando levou uma surra.

Familiares do sargento permaneceram no lugar, bem exaltados, e aguardavam para agredir também Thayssa, mas a polícia evitou o conflito.

Leia Também