Criminoso é morto pelo ‘tribunal do crime’ depois de meter facada e matar diarista em roubo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Traficantes do “tribunal do crime” mataram a tiros, no Igarapé do Acará, no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus, o mototaxista Rodrigo Ribeiro Cabral, de 28 anos, neste sábado (10). A morte foi ocasionada por vingança, após ele supostamente assassinar a facadas a diarista Terezinha Augusto de Moura, de 63 anos, no mesmo dia.

O crime aconteceu na rua Multibras, no beco Caloi, no mesmo bairro. De acordo com a polícia, Rodrigo invadiu a casa da idosa para furtar uma botija de gás, mas a mesma estava presente e os dois acabaram lutando. A vítima levou uma facada no pescoço.

Terezinha foi levada ao Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, onde já chegou morta. Ela foi encontrada por familiares ainda agonizando na residência.

Logo em seguida, sabendo da morte de Terezinha, membros da facção criminosa que domina a área prometeram matar Rodrigo por vingança. Ele foi executado com dois tiros na cabeça e morreu na hora.

Policiais militares da 25ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados. Os suspeitos de matarem Rodrigo não foram identificados.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Leia Também