Cadeirante que matou ‘colega’ com facada no coração durante durante briga em bar é preso no Alvorada

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
No dia do crime, "Paulinho" teria se irritado com a vítima após a mesma se negar a dar dinheiro para ele comprar mais bebidas alcoólicas.

O cadeirante Paulo Henrique Mendes, de 38 anos, o “Paulinho”, foi preso na manhã desta quinta-feira (23) por ter matado Samuel Ferreira França, que tinha 41 anos. O crime ocorreu no dia 18 de outubro deste ano, em um bar localizado no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste da capital. A prisão ele foi efetuada em cumprimento a mandado de prisão temporária.

De acordo com o delegado Márcio André Campos, adjunto da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na ocasião do crime, o autor e a vítima estavam ingerindo bebidas alcoólicas em um bar, porém, em determinado momento eles tiveram um desentendimento que ocasionou a morte de Samuel. Após o crime, Paulo saiu do local tranquilamente.

“Paulo Henrique pediu uma certa quantia em dinheiro a Samuel, para comprar mais bebidas alcoólicas, mas a vítima recusou o pedido. Nesse momento, o infrator desferiu quatro golpes de faca contra Samuel. Um dos golpes atingiu o coração da vítima, que chegou a ser encaminhado a uma unidade hospitalar, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito”, disse o delegado.

Segundo a autoridade policial, após as equipes tomarem conhecimento sobre o crime, as investigações iniciaram e foi constatado o envolvimento de Paulo Henrique no fato. Com a ordem judicial decretada, os policiais seguiram em diligências em busca do infrator, e ele foi localizado e preso na casa onde estava morando, também no bairro Alvorada.

Ele foi indiciado por homicídio e seguirá para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Leia Também