Negociador da Ucrânia é assassinado misteriosamente em Kiev

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Governo ucraniano afirma que ele foi morto em uma missão, porém, existe a especulação de que ele era um espião a serviço da Rússia.

Nesse sábado (5), um representante do governo ucraniano foi morto em Kiev e especulações dão conta de que ele seria um espião a serviço da Rússia. Denis Kireiev era uma dos integrantes da equipe de negociação para o fim da guerra da Ucrânia e chegou inclusive a participar de reuniões com representantes russos, em Belarus.

A morte de Denis está cercada de mistério, apesar do governo da Ucrânia afirmar que ele foi morto com outros três membros do serviço de inteligência, enquanto realizava uma “missão especial”, em Kiev, próximo ao prédio do tribunal de Pechora.

Porém, o deputado ucraniano Alexander Dubinski disse em seu canal no Telegram que Denis foi executado pelo serviço de inteligência ucraniano, o SBU, porque seria um espião a serviço da Rússia, de acordo com o Pravda.

Neste domingo (6), a guerra na Ucrânia chega em seu 11º dia. Já foram realizadas duas rodadas de negociação sem sucesso. Uma terceira reunião está prevista para esta segunda-feira (7/3).

Leia Também