Mulher faz festa com tema ‘satânico’ no aniversário de 1 ano da filha e é criticada: ‘não é festa, é sacrifício’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

MUNDO | Uma mulher foi duramente criticada por fazer uma festa “satânica” no primeiro aniversário da filha. A jovem mãe postou vídeos do evento em seu TikTok, em agosto, que desde então se tornou viral com 2,3 milhões de visualizações e milhares de comentários negativos.

“Isso não foi uma festa de aniversário, foi um sacrifício”, comentou a usuária Susely Cardenas na rede social.

“Não acho que seja uma festa ou cor para uma garotinha. Realmente não sei o que passou pela cabeça da mãe”, postou outra internauta, Lorena Salazar.

A filha de Janeth se chama Lilith, que é uma referência religiosa, pois se trata da primeira esposa de Adão, de acordo com os escritos rabínicos do Talmud, sendo criada da poeira junto a Adão – portanto, antes de Eva –, mas que acabou abandonando o Éden. O nome também é o mesmo de uma figura demoníaca no foclore judaico.

As imagens da festa mostram a criança vestida de preto ao lado de uma piñata parecida com Baphomet, uma divindade com cabeça de bode usada em rituais satânicos.

A criança, que usava vestido preto, também pode ser vista comendo o bolo de aniversário coberto com um pentagrama – um símbolo do ocultismo moderno – em glacê e um topper com a figura de Lilith. Havia, ainda, cupcakes decorados com pentagrama.

Com tantas críticas, Janeth decidiu se manifestar:

“1. Não somos satanistas. 2. Havia convidados. 3. A festa não tinha nada de satânico. 4. A piñata não é Satanás, nem o diabo, é Baphomet. 5. O pentagrama não está invertido porque não é satânico.”

Leia Também