Prefeitura intensifica ações de controle ao Aedes aegypti na zona Norte de Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Alguns hábitos simples dentro da própria residência, que podem ser adotados apenas uma vez por semana, estão entre as formas mais eficazes para impedir o aumento de focos do mosquito Aedes aegypti. Buscando estimular essas práticas junto à população, a Prefeitura de Manaus está intensificando a presença de agentes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) nas áreas com maior incidência de infestação do mosquito.

Nesta quinta-feira, 21/7, moradores do Núcleo 15, do bairro Novo Aleixo, zona Norte, receberam orientações sobre o combate ao mosquito por meio de Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) e Agentes Comunitários de Endemias (ACEs) da secretaria. No começo desta semana, o reforço das atividades foi concentrado no bairro Cidade Nova, também na zona Norte.

O secretário municipal de Saúde, Djalma Coelho, informou que as estratégias foram desenvolvidas a partir dos resultados do 1º Diagnóstico de Infestação do Aedes aegypti de 2022 (LIRA-a), realizado em abril.

“Nós conseguimos mensurar quais eram as localidades da cidade de Manaus com maior e menor vulnerabilidade para as doenças transmitidas pelo mosquito (dengue, zika e chikungunya) e os agentes de saúde estão indo a campo para sensibilizar os moradores sobre os cuidados e formas de prevenção. Se necessário, a secretaria também trata depósitos de água parada para eliminar o mosquito”, disse.

O chefe de endemias do Distrito de Saúde (Disa) Norte, Valter Júnior, explicou que a visita na comunidade faz parte da rotina do serviço, mas o trabalho está sendo reforçado com um número maior de equipes.

“Estamos levando orientações mais uma vez para relembrar a população sobre a necessidade de evitar água parada, onde os focos do mosquito se desenvolvem. O panfleto do ‘Check List – 10 Minutos contra o Aedes’ está sendo entregue para o morador lembrar, e poder marcar, os itens que devem ser inspecionados no seu imóvel pelo menos uma vez na semana”, afirmou.

Nesta etapa, as atividades da Semsa foram concentradas na zona Leste, de 5 a 7 de julho, na zona Oeste entre os dias 12 e 14 deste mês, e atualmente estão focadas na zona Norte. Na próxima semana, os agentes irão até o bairro Betânia, no dia 26, e bairro Japiim, no dia 28, ambos na zona Sul.

“Temos que ajudar as equipes de saúde fazendo nossa parte, porque isso afeta tanto os vizinhos quanto nós mesmos. Eu recebi o ‘Check List’ hoje e já vou colocar em prática, vou ver o que posso verificar e ajustar na minha casa para contribuir com a minha parte”, disse a cozinheira Juliete Alves, moradora do Núcleo 15 do bairro Novo Aleixo.

Dados

Nos seis primeiros meses de 2022, a Semsa registrou 1.372 casos notificados de dengue em Manaus, que resultaram na confirmação de 779 casos. Os números constam no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan).

Também foram notificados 81 casos de chikungunya, e 26 casos confirmados da doença. Em relação ao zika vírus, 76 casos foram notificados, e 43 tiveram o resultado positivo para a doença.

Leia Também