‘O pastor está em adultério’, acusa fiel durante culto na Assembleia de Deus, em Manaus; vídeo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um vídeo que começou a circular na última semana nas redes sociais mostra um verdadeiro barraco dentro de um ministério da igreja Assembleia de Deus, em Manaus. Um fiel pega um microfone para anunciar que o pastor do culto supostamente estaria vivendo em “adultério”.

O homem jogou a história no ventilador enquanto o pastor Gedeão Granjeiro, presidente da Assembleia de Deus Tradicional no Amazonas, pregava e falava “em nome de Jesus”.

O homem, não satisfeito, depois pega uma corneta e um alto falante. De acordo com o denunciante, que não teve a identidade revelada, o pastor teria um caso extraconjugal com uma mulher há pelo menos cinco anos. Ele fala revoltado sobre o assunto.

“Eu preciso falar. Eu tenho 22 anos nessa igreja. O pastor da igreja está em adultério! Deus vai cobrar dos pastores!”, grita o homem, que está de camisa azul.

Após a repercussão do vídeo, segundo informações do Portal Assembleianos de Valor, o pastor Gedeão se pronunciou. Em nota, o líder religioso apenas anunciou a sua renúncia da presidência da Convenção Estadual da Assembleia de Deus Tradicional no Amazonas (CEADTAM( sem citar as acusações.

“Comunico-vos que, a partir desta data, de maneira irretratável estou renunciando a presidência da Convenção estadual da Assembleia de Deus tradicional do Amazonas. É ato contínuo o meu desligamento da mesma. Peço-vos perdão se não correspondi em algum momento a expectativa legítima de todos os honrados membros desta querida convenção”, destacou Gedeão Granjeiro.

Leia Também