Dançarina Thais Carla ganha processo contra humorista Léo Lins, por gordofobia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
O humorista terá que pagar R$ 5 mil à dançarina por danos morais e uso indevido de imagem.

A dançaria e influenciadora digital, Thais Carla, ganhou uma ação judicial que tinha movido contra o comediante Léo Lins, por causa de comentários gordofóficos feitos por ele ao reproduzir um vídeo dela, em suas redes sociais.

Léo Lins terá que pagar o valor de R$ 5 mil para a dançaria por danos morais e uso indevido da imagem dela. Na sentença, foi decretado que o humorista teve comportamento ofensivo e promoveu discurso de ódio ao reproduzir o vídeo de Thais.

“Essa vitória não é só para mim. Meu trabalho não é blogueira apenas, é social, vai dentro da alma. A pessoa gorda não tem cadeira, lugar no médico, emprego. O mundo está querendo colocar que as pessoas sejam uma só. Tem que entender que somos de milhares de formas. O que aconteceu comigo é para mostrar que as pessoas não devem se calar. Não sou um monstro. É parar de usar a desculpa que é sobre saúde, não é”, desabafou a dançarina.

 

A blogueira fez, ainda, um apelo para que a sociedade não faça julgamentos baseados no corpo de uma pessoa. “As pessoas julgam de primeira. Muito ruim no mundo. Julga que gordo é inútil, ‘vai morrer brevemente’. Usam que ser gordo é falta de saúde, é ruim, incapaz. Mas é só um sinônimo da sua forma física”, disse.

Leia Também