Jornal Nacional fala da prisão dos influenciadores digitais Lucas Picolé e Mano Queixo

Facebook
Twitter
WhatsApp

O jornal Nacional, da Rede Globo, repercutiu a prisão dos influenciadores digitais João Lucas da Silva Alves, o “Lucas Picolé” e Enzo Felipe da Silva Oliveira, o “Mano Queixo”, na noite deste sábado (1º). Ele são suspeitos de fraudes na venda de rifas falsas pelas redes sociais.

ADVERTISEMENT

Lucas Picolé e Mano Queixo vão continuar presos após prisão ser convertida em preventiva

Na reportagem, de Alexandre Hisayasu, da Rede Amazônica, a Polícia Civil do Amazonas ressaltou que os suspeitos movimentaram mais de R$ 5 milhões em um ano.

Além das rifas ilegais, Lucas Picolé foi preso por tráfico de drogas e ainda foi pego com munições de fuzil

Um dos ganhadores da rifa, identificado como Talison de Sousa, ganhou 10 motos 0km e já era conhecido de Picolé. O prêmio, segundo o delegado Cícero Túlio, foi dividido entre ele e o influenciador.

Isabelly Aurora, que teve uma Amarok apreendida, também foi citada. A polícia mostrou material de sorteio com a foto dela.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!