Familiares de vítimas de chacina na AM-010 fazem manifestação nesta sexta-feira (20)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Uma manifestação de familiares das vítimas da chacina na AM-010 está programada para esta sexta-feira (20), em um posto de combustíveis na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus. O objetivo é não deixar o crime impune e pressionar o poder judiciário.

 

“Não podemos permitir que esses acusados sejam postos em liberdade. Agradecemos a Polícia Civil que vem realizando um brilhante trabalho para elucidar esse crime bárbaro. Acreditamos também que a Justiça do Amazonas não colocará em liberdade marginais que ceifaram vidas inocentes”, diz trecho da nota divulgada nas redes sociais.

 

Doze policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) foram afastados das funções e são suspeitos no crime, que vitimou Diego Maximo Gemaque, Lilian Daiane Maximo Gemaque, Alexandre do Nascimento Melo e Valéria Luciana Pacheco da Silva. Os primeiros eram irmãos e os outros, um casal, sendo o homem filho de PM.

 

Os PMs negam o crime, mas foram flagrados abordando as vítimas. Um vídeo mostra a ação. Horas depois, as vítimas foram encontradas mortas a tiros, no dia 21 de dezembro, dentro de um carro abandonado no KM 32 do ramal Água Branca, na AM-010.

Leia Também