Judoca Mayra Aguiar conquista o bronze para o Brasil nas Olimpíadas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Na estreia de Mayra Aguiar, ela venceu a israelense Inbar Lanir por ippon. Mayra começou a luta de forma agressiva. A brasileira partiu ao ataque contra a israelense e buscou o confronto a todo o momento. Em 40 segundos, levou Inbar ao chão. Com um belo ippon, garantiu a vaga nas quartas de final e manteve o sonho de subir ao pódio mais uma vez.

Depois, porém, Mayra Aguiar deu adeus à briga pelo ouro nas Olimpíadas de Tóquio. A judoca gaúcha perdeu por wazari no Golden Score para a alemã Anna-Maria Wagner, atual campeã mundial, caindo para a repescagem nos Jogos.

Na repescagem, Mayra viu Aleksandra Babintseva tomar a atitude no início da luta,. A brasileira, porém, marcou firme cada passo da rival. As duas tomaram shido em punição por falta de combatividade a dois minutos do fim. Foi quando Mayra assumiu o controle da luta. A brasileira quase levou a rival ao chão logo na sequência. Não demorou muito para garantir a vitória. A russa tomou mais duas punições e foi desclassificada, abrindo o caminho para que Mayra buscasse o bronze.

A judoca se torna a primeira brasileira a conquistar três medalhas olímpicas em um esporte individual: antes de Tóquio, já havia subido ao pódio em Londres 2012 e Rio 2016. É, também, a primeira a fazer isso em três Olimpíadas em sequência.

Leia Também