Dom Leonardo Steiner é nomeado ‘cardeal da Amazônia’ em cerimônia no Vaticano

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O Arcebispo de Manaus Dom Leonardo Steiner foi nomeado um dos 20 cardeais do Papa Francisco. Steiner é Arcebispo desde 2019 e a cerimônia aconteceu neste sábado (27), no Vaticano, em Roma.

“A Amazônia é agradecida ao Papa Francisco pela a nomeação de um cardeal. Somos profundamente agradecidos e reconhecemos a proximidade. Queremos colaborar com o Papa. Ele pediu ao final da nomeação, ainda em maio, que nós rezássemos para que os novos cardeais o ajudassem no ministério petrino como bispo de Roma. E nós desejamos fazer isso com toda confiança para assim podermos servir melhor a nossa Igreja”, afirmou Dom Leonardo.

Ao todo, durante o consistório, o papa oficializou 20 novos religiosos como cardeais. Além de dom Leonardo, o outro brasileiro que integra a lista é dom Paulo Cezar Costa, arcebispo de Brasília (DF).

O cardeal auxilia o Papa em diversas competências, como por exemplo, ajudar o papa a governar, a exercer e levar em frente a animação pastoral da igreja. Eles são considerados, na diplomacia, como “príncipes da Igreja”.

Com a nomeação, Steiner agora passa a ser chamado de “cardeal da Amazônia”.

Leia Também