Deficiente auditivo não ouve assalto e morre ao ser roubado e atropelado por bandidos

Facebook
Twitter
WhatsApp

José Luiz Barbosa, de 56 anos, um homem com deficiência auditiva, morreu após ser baleado e atropelado em assalto no Jardim Campanário, em Diadema, na Grande São Paulo, na noite desta terça-feira (27). A família acredita que por ele não ouvir, não deve ter entendido que estava sendo assaltado quando foi abordado.

Uma câmera de segurança registrou o ocorrido e mostram José Luiz colocando os pertences no banco de trás do carro. Ele entra no veículo, por volta das 21h, mas antes de sair acaba sendo abordado pelo criminoso com uma arma de fogo.

Também é possível ver em outro vídeo o ladrão correndo até a vítima, que é arrancada do carro. Sem entender, José resiste e acaba baleado e cai ao lado do veículo. Em seguida, o ladrão o atropela.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que a vítima foi encontrada caída no chão com ferimento de arma de fogo no pescoço. O Samu foi acionado e a equipe constatou a morte no local.

Os bandidos levaram o carro e o abandonaram depois a menos de um quilômetro do local. O crime é investigado como latrocínio no 3º DP e os criminosos são procurados.

ADVERTISEMENT

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!