Professor preso por estuprar 5 meninas as ‘ensinava’ como fazer sexo oral e nude, diz polícia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

CAMPO GRANDE| Um professor de 32 anos, foi preso pela Policia Civil, após estuprar cinco meninas dentro de um lar beneficente, localizado no bairro Tiradentes, em Campo Grande.

Segundo informações, o acusado fazia amizade com as vítimas, entre 12 a 16 anos, para cometer os estupros. Além disso, ele ensinava as adolescente a como fazer nudes e sexo oral. Ele já vinha sendo investigado há 2 meses e, na casa dele foram encontrados matérias que comprovassem os abusos sexuais.

Ao G1 a delegada Franciele Candotti, adjunta da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente (Depca) e responsável pelas investigações, disse que o suspeito passou por depoimento, no entanto, permaneceu em silêncio e disse que falaria somente em juízo.

“O professor foi preso em flagrante pelo armazenamento deste tipo de material e também praticou estupro de vulnerável e produção de conteúdo pornográfico infanto-juvenil, principalmente porque orientava como elas deviam fazer. Nós também levamos para a delegacia um celular e objetos que ele usava para a prática dos crimes, como pênis de borracha”, ressaltou Franciele.

“Ele vem praticando esses delitos há anos, porque em 2015, ele foi condenado pela prática desse crime [estupro de vulnerável Na época, ele foi desligado do Lar e depois foi novamente contratado e lá, ele ficou mais seis anos”, explicou a delegada. As investigações ainda não foram concluídas.

Leia Também

error: Conteúdo protegido contra cópia!