Confiante, Arthur Neto vota pela manhã e se diz pronto para voltar a ser senador

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O candidato a senador pela federação PSDB-Cidadania, Arthur Virgílio Neto, votou logo nas primeiras horas deste domingo de eleições (2.10), por volta das 9h. “Se eu for eleito, o Amazonas voltará a ter a sua voz respeitada no Senado”, declarou ao chegar em seu local de votação, o colégio estadual Dom Pedro II, no centro da capital amazonense.

Acompanhado de sua esposa e presidente do PSDB-Mulher-AM, Elisabeth Ribeiro, que também vota no mesmo local; e de sua candidata a primeira suplente, Maria do Carmo Seffair; entre outras lideranças e apoiadores, o ex-prefeito de Manaus demonstrou confiança no resultado do pleito em conversa com a imprensa e eleitores, fazendo um rápido balanço de sua campanha e reforçando quais serão suas ações, se eleito, no Senado Federal.

“A primeira coisa que farei no Senado é declarar que a Zona Franca é intocável e eu vou cobrar todo o atrasado do que já foi esbulhado do nosso modelo econômico e vou acabar com esse negócio de emendas secretas, que corrompe certos parlamentares e certos governantes”, informou Arthur. “O Amazonas precisa de forte representação, como na época que tinha Arthur Virgílio Neto, Gilberto Mestrinho e Jefferson Péres. Essa era uma verdadeira bancada. Não passava nada contra nosso Estado”, completou Virgílio, enquanto se dirigia à sala de votação.

Após realizar seu exercício de cidadania, Arthur Neto continuou cumprimentando e conversando com eleitores, mesários e fiscais das eleições e, ao deixar o ‘Estadual’, seguiu para visitar alguns dos principais colégios eleitorais da cidade. O candidato ao Senado acompanhará a apuração do pleito em reunião particular com familiares, amigos e apoiadores.

“Sou um candidato que, verdadeiramente, ama o Amazonas. Um diplomata que virou as costas para o exterior e que há 45 anos trabalha nos principais cargos públicos do país em favor dessa família de quatro milhões de amazonenses. Sinto-me pronto para entregar nada menos que aquilo que já fiz como senador”, concluiu Virgílio, ao relembrar sua marcante passagem pelo Senado, reconhecido mais de uma vez como um dos parlamentares mais atuantes da Casa.

Leia Também