Governo do AM inaugura a maior Estação de Tratamento de Esgoto do Norte do país

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O governador Wilson Lima inaugurou, nesta quinta-feira (26), a maior Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da região Norte do país, com capacidade para tratar até 300 litros por segundo e que vai beneficiar 192 mil pessoas em Manaus. Os investimentos são da ordem de R$ 48,4 milhões, com recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e contrapartida do Governo do Amazonas.

A ETE, localizada às margens do rio Negro, no bairro do Educandos, zona sul da capital, recebeu o nome do engenheiro Waldir Santos Brito, que dedicou 40 anos ao planejamento, supervisão e construção de sistemas de abastecimento de água potável em mais de 42 municípios do Amazonas.

Essa é a primeira ETE construída pelo Programa Social e Ambiental de Manaus e do Interior (Prosamin+) na capital, em 14 anos em que o programa, inicialmente chamado Prosamim, é executado.

“Hoje, Manaus está saindo de 18% de tratamento de esgoto para 26%. É um avanço muito significativo. É uma estação inédita no âmbito do Prosamin+, é algo que há muito tempo se falava na necessidade de existir e efetivamente hoje nós estamos tirando do papel. Isso daqui significa melhoria na qualidade de vida das pessoas, e todo mundo sabe que cada investimento de R$ 1 que a gente faz na área do saneamento, a gente está economizando R$ 4 na área da saúde”, destacou o governador.

Dos R$ 48,4 milhões investidos na ETE, 72% são recursos oriundos de operações de crédito com o BID e 28% dos recursos são empregados pelo Governo do Amazonas.

A ETE é parte do Sistema de Esgotamento Sanitário do Prosamin+ construído na bacia do São Raimundo, e que contemplou a implantação de 31 quilômetros de redes de coleta e de seis estações elevatórias que foram construídas nos bairros do Santo Antônio, São Raimundo, Glória, Aparecida, Presidente Vargas e Centro.

No novo sistema, as redes coletam o esgoto das residências e direcionam esses efluentes até as estações elevatórias, que são responsáveis por armazenar e enviar esses efluentes até a ETE do Prosamin+ no bairro Educandos, onde o esgoto passa a ser tratado.

Os equipamentos utilizados na ETE do Prosamin+ utilizam tecnologia de ponta, desenvolvida na Noruega, e são os mais modernos no tratamento de esgoto.

Essa tecnologia é empregada em vários sistemas de tratamento de esgoto em áreas residenciais por todo mundo, sendo a mais utilizada em condomínios e hospitais instalados nas grandes metrópoles.

Com informações da assessoria

Leia Também