Empresária é presa suspeita de oferecer R$ 200 mil para corretor matar namorado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

SÃO PAULO| Na terça-feira (29), uma empresária e um corretor de imóveis foram presos pela Polícia Civil por suspeita de envolvimento no assassinato do namorado dela em São Paulo. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (30) pela assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

O Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHHP), informou que Anne Cipriano Frigo, 46, é suspeita de oferecer R$ 200 mil para o corretor de imóveis Carlos Alex Ribeiro de Souza, 28, para matar o namorado dela, o segurançaVitor Lúcio Jacinto, 42. O dinheiro não teria sido pago.

De acordo com a investigação, o motivo do crime foi passional devido a uma traição. Para o DHPP, Anne planejou o assassinato de Vitor depois de descobrir que ele a estaria traindo com outras mulheres.

Os advogados que defendem Anne foram procurados, mas não quiseram comentar o assunto. A empresária deverá ser interrogada na tarde desta quarta no Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa, que fica no Centro da capital. Ela ainda não apresentou sua defesa. 

A defesa de Carlos não havia sido localizada para tratar do caso até a última atualização desta reportagem. Segundo policiais, ele teria confessado o crime, dizendo que foi contratado pela empresária para matar Vitor porque ela havia descoberto a traição do namorado.

Leia Também