Dona de bar é presa por agredir prostituta com garrafada no rosto

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A dona de um bar, que não teve a identidade revelada, foi presa suspeita de agredir uma prostituta com duas garrafas de vidro no rosto após discussão sobre o valor de programas. A agressão provocou cortes na face da mulher, que recebeu 18 pontos . A briga aconteceu em Alto Paraíso de Goiás, na quarta-feira (11).

A delegada Bárbara Buttini, que investiga o caso, disse que a dona do bar era uma espécie de “cafetina” e cobrava de clientes R$ 100 por programa. Ela ficava com R$ 50 e repassava a outra metade para as garotas que trabalhavam no local. 

Na quarta-feira a suspeita e uma garota de programa discutiram. “Os clientes pagavam para a suspeita pelos programas realizados pelas garotas, que ao final da noite pegavam sua ‘parte’. A vítima foi pedir o valor integral pago pelo cliente para a suspeita, a qual se recusou a dar”, relatou a delegada.

Leia Também