Homem que esteve no Festival de Parintins está com suspeita de varíola dos macacos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A Fundação de Medicina Tropical de Manaus confirmou nesta sexta-feira (1º) o primeiro caso suspeito de varíola dos macacos no Amazonas. É um homem, que está isolado, após ter os sintomas da doença.

O paciente teve contato com estrangeiros no Festival de Parintins e neste momento tem erupções de pele, tosse, febre e dor de cabeça, que são sintomas da doença.

O diretor técnico da FVS-RCP, Daniel Barros, orienta que, em casos suspeitos da doença, é importante realizar o isolamento imediato do indivíduo e procurar os serviços de saúde.

A transmissão entre humanos ocorre, principalmente, por meio de contato pessoal com secreções respiratórias, lesões de pele de pessoas infectadas ou objetos recentemente contaminados.

A varíola dos macacos, também conhecida como varíola símia, é uma doença causada pelo vírus Monkeypox (MPV), do gênero Orthopoxvirus e família Poxviridae. Trata-se de uma doença zoonótica viral, em que sua transmissão para humanos pode ocorrer por meio do contato com animal ou humano infectado.

Leia Também