Governo do Amazonas irá reformar centro cirúrgico da Fundação Alfredo da Matta

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Durante as obras, os procedimentos cirúrgicos serão realizados na Policlínica Governador Gilberto Mestrinho.

O centro cirúrgico da Fundação Hospitalar Alfredo da Matta (Fuham), unidade da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), entrará em reforma, como parte das adequações para implantação do Hospital Dia. Para manter as atividades cirúrgicas em funcionamento, foi realizada, nesta sexta-feira (1º/04), a última reunião técnica entre representantes da SES-AM, da Fuham e do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, para ajustar o processo de trabalho e a transferência dos procedimentos para a Policlínica Governador Gilberto Mestrinho, ainda na primeira quinzena do mês de abril. 

Até o início da reforma, que está em processo de contratação, pequenas cirurgias estão mantidas na Fuham. “Será firmado um termo de cooperação técnica para que as grandes cirurgias, antes realizadas na Fuham, sejam feitas na Policlínica. Todos os pacientes que já têm os exames de risco cirúrgico serão os primeiros atendidos”, explica a secretária executiva de Gestão da Atenção à Saúde da SES-AM, Nayara Maksoud. 

No período que antecede o início da reforma, procedimentos agendados, como coleta de biópsias dos pacientes da Fuham e as avaliações cirúrgicas, estão mantidos e as indicações de cirurgias, encaminhadas pelo Sistema Nacional de Regulação (Sisreg). 

O Hospital Dia da Fuham será implantado, inicialmente, com três leitos cirúrgicos e um leito clínico, permitindo a internação de pacientes por até 24h, por isso, a necessidade de adequar o espaço já existente. As adaptações estão sendo viabilizadas pelo Governo do Estado, por meio da SES-AM e da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP). 

“Fomos elevados à condição de Fundação Hospitalar e estamos com esse projeto em andamento, o qual receberá investimentos estimados em R$ 400 mil do Governo do Amazonas para ampliar o nosso centro cirúrgico e dotá-lo de todos os aparatos necessários para proporcionar segurança, conforto e espaço aos usuários do SUS”, ressaltou o diretor-presidente da Fuham, Ronaldo Amazonas. 

Entenda as mudanças – A Fundação Alfredo da Matta foi habilitada como Fundação Hospitalar em novembro de 2021. A nova tipologia permite realizar procedimentos como cirurgias dermatológicas de média e alta complexidade. A mudança assegura que a Fuham seja reconhecida como unidade de ensino junto ao Ministério da Educação (MEC), abrindo novas oportunidades para captação de recursos específicos nesta área.  

Após ter sido habilitada como unidade hospitalar, os próximos passos incluem o credenciamento e habilitação do Hospital Dia, projeto em andamento e que demanda as adequações na estrutura física que serão iniciadas, além da ampliação do quadro funcional.  

O regime de Hospital Dia é a assistência intermediária entre a internação e o atendimento ambulatorial, que permite internação por um período reduzido. Nesta modalidade podem ser realizados procedimentos clínicos, cirúrgicos, diagnósticos e terapêuticos, que necessitam da permanência do paciente na unidade. Com o Hospital Dia, a Fuham terá ampliada a oferta de serviços à população.  

Leia Também

error: Conteúdo protegido contra cópia!