Dupla é presa após esquartejar corpos e enterrar em ‘cemitério clandestino’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

JAPURÁ (AM) – Dois corpos esquartejados foram encontrados em um “cemitério clandestino”, em covas, numa área de mata em Japurá (distante 737 quilômetros de Manaus), na tarde desta quinta-feira (7). Dois suspeitos de terem matado as vítimas foram presos.

Uma das vítimas seria Genilton Miranda Soares, que tinha 45 anos, conhecido como “Pitty”, segundo familiares. No entanto, a perícia técnica ainda iria confirmar a identidade. Os corpos estavam numa área de difícil acesso, na travessa Armando Mendes, bairro B 13.

Os suspeitos do crime são Wellington Gomes Umbelino, de 19 anos, o “Magrelo”, e Marcelo Santos de Souza, de 21 anos, o “PT”. Eles foram capturados após a polícia receber uma denúncia informando que tinham ouvido gritos e tiros naquela área.

Ao chegarem lá, descobriram as covas com os corpos quase enterrados e logo em seguida a polícia do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) conseguiu capturar os criminosos, que foram levados para a 59ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Japurá. As investigações apontam que a possível causa das mortes tem relação com o tráfico de drogas.

Leia Também