Detento é espancado até a morte ao se envolver em briga dentro do Compaj

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
A principal suspeita é que a briga tenha ligação com a guerra de facções dentro do sistema prisional de Manaus.

Um detento do sistema prisional de Manaus identificado como Daniel Costa de Oliveira, de 40 anos, morreu após se envolver em uma briga dentro do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). O crime ocorreu na tarde desse domingo (13) e pode ter sido motivado por guerra de facções dentro do sistema.

Devido a gravidade dos ferimentos sofridos, após a briga Daniel foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). No entanto, ao dar entrada na unidade ele não resistiu e morreu logo em seguida.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde as investigações deverão ser feitas. No Instituto Médico Legal (IML) consta que a morte de Daniel teve como causa choque hipovolêmico e lesão de vísceras torácicas e abdominais devido a agressão física.

Leia Também