Wilson Lima dá início ao ano letivo do Cetam com mais de 8 mil alunos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O governador Wilson Lima deu início, nesta segunda-feira (06/03), ao ano letivo do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) na capital, que conta com 8.403 alunos matriculados. A geração de emprego e renda é prioridade do Governo do Amazonas, segundo o governador, e dar oportunidade para que o cidadão se qualifique é essencial para alcançar esse objetivo.

Só neste ano de 2023, o Cetam disponibilizará, aproximadamente, 60 mil vagas e de forma gratuita. Wilson Lima também anunciou que uma nova sede do Cetam, voltada à gastronomia, na área central de Manaus, será inaugurada ainda neste semestre.

“Ninguém paga nada para estudar no Cetam. Esse é um esforço que o Governo do Amazonas tem feito para oportunizar aquelas pessoas que tanto precisam. Acredito muito na educação porque eu sou resultado da educação. A educação transformou minha vida e hoje eu trabalho para dar para os meus filhos, para dar aos jovens do estado do Amazonas as possibilidades que eu não tive quando era jovem”, afirmou o governador Wilson Lima.

A cerimônia de abertura do ano letivo para novos alunos ocorreu na Escola de Educação Profissional – Galileia, no bairro Monte das Oliveiras, zona norte, uma das três novas unidades do Cetam inauguradas pelo governador durante o seu primeiro mandato. A unidade é a maior escola de formação profissional e tecnológica do Amazonas.

Participaram da solenidade, além da diretora-presidente do Cetam, a professora Hellen Cristina Silva Matute, os deputados estaduais Felipe Souza e George Lins, representando a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam); e a vereadora Professora Jaqueline, representando a Câmara Municipal de Manaus (CMM).

Estrutura

O Centro de Educação Tecnológica vai disponibilizar cursos técnicos, especializações técnicas e qualificação profissional na capital. A estrutura inclui cinco escolas de formação profissional e tecnológica, além de sete núcleos descentralizados, que são abrigados nos Centros Estaduais de Convivência da Família e do Idoso.

“Temos nessa primeira oferta 104 cursos no interior, de qualificação, e 23 cursos técnicos e isso em todos os 61 municípios. Dependendo da demanda do município, nós colocamos o curso pertinente àquela área”, explicou a diretora-presidente do Cetam, Hellen Matute.

Entre os cursos que começam nesta segunda-feira estão: enfermagem e multimídia em nível técnico; e a nível de qualificação profissional os cursos de depilação, design de sobrancelhas, informática básica e avançada.

A empreendedora Íris Dalva já fez oito cursos pelo Cetam, todos na área de beleza e estética, e está começando mais um nessa mesma área, o de micropigmentação. A partir dos cursos de qualificação e profissionalizantes, ela conseguiu abrir um salão de beleza e continua se especializando, gerando emprego e renda.

“É uma oportunidade que a gente tem como mulher, empreendedora e mãe. Muita gente não tem condição, então é uma oportunidade que a gente abraça, dando seguimento ao próprio negócio. No meu espaço, fui agregando e consegui cada vez mais clientes. Um curso desses é R$ 2 mil, aqui eu faço de graça. Eu não teria condições financeiras de pagar e o Cetam abriu uma porta para mim”, disse Íris.

Balanço

Durante a primeira gestão, Wilson Lima inaugurou três novas escolas do Cetam. A unidade do Galileia foi a primeira escola na zona norte de Manaus, com capacidade para atender 9 mil alunos por ano. No Alto Solimões, no município de Benjamin Constant, a nova unidade atende, anualmente, cerca de 1,2 mil alunos da região. O Centro Cultural Anibal Beça, que foi revitalizado, passou a ser sede da primeira unidade do Cetam da zona leste da capital, com a estrutura completamente renovada e capacidade de atendimento de 5,4 mil alunos todos os anos.

O governador também renovou o parque de informática do Cetam, dando prioridade aos municípios do interior, democratizando ainda mais o ensino técnico em todo o Amazonas. Já são 44 municípios com serviço de internet regular e, a previsão, é de que a cobertura chegue a 100% nos próximos meses.

De 2019 a 2022, mais de 611 mil vagas foram ofertadas pelo Governo do Amazonas em cursos técnicos, especializações técnicas e qualificação profissional por meio do Cetam.

Leia Também