Wilson Lima assume liderança na disputa por Governo do Amazonas, afirma Instituto Pontual

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Uma nova pesquisa divulgada neste domingo (4), realizada pelo Instituto Pontual, aponta que o governador Wilson Lima (União Brasil) está na liderança na disputa pelo cargo de governador do estado, com 32,7% das intenções de voto.

O estudo foi feito com 2.318 eleitores entrevistados de forma presencial “in loco” aptos para votar nas Eleições Gerais deste ano. A coleta de dados ocorreu em Manaus e mais 13 municípios do Amazonas. O estudo está registrado no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) sob o nº AM-06508/2022.

De acordo com o estudo, no segundo lugar está Amazonino Mendes (Cidadania) com 26,5%. Em terceiro colocado, Eduardo Braga (MDB) com 14,9%. Na quarta colocação, Ricardo Nicolau (Solidariedade) obteve 3,5%, seguido por Carol Braz (PDT) com 2,3% e Henrique Oliveira (Podemos) com 1,5%.

Os últimos colocados da pesquisa foram Nair Blair (Agir) com 0,9% e Dr. Israel Tuyuka (PSOL) com 0,7%.

Do total da amostra, 9,5% dos eleitores responderam que irão votar branco/nulo e 7,5% afirmaram estar indecisos.

De acordo com os números, Wilson Lima e Amazonino Mendes deverão disputar o segundo turno das eleições para Governo do Estado do Amazonas.

Na corrida para o Senado, o candidato Omar Aziz (PSD) obteve 28,4% das intenções de voto. Em segundo lugar, Arthur Neto (PSDB) obteve 25,4%. Na terceira colocação, Coronel Menezes (PL) obteve 12,1% da preferência do eleitorado.

Candidatos com desempenho abaixo dos 5%: Luiz Castro (PDT) com 4,5%; Marília Freire (PSOL) com 3,3%, Pastor Peter (Agir) está com 1% e Bessa (SD) está com 0,6%.

No total da amostra, 13% dos eleitores afirmaram que irão votar branco/nulo e 11,7% estão indecisos para candidato ao Senado.

Metodologia

A pesquisa do Instituto Pontual foi conduzida por entrevistadores nos municípios Itacoatiara, Manacapuru, Parintins, Coari, Tefé, Maués, Iranduba, Tabatinga, Manicoré, Humaitá, Autazes, São Gabriel da Cachoeira, Lábrea e na capital Manaus.

Leia Também