Vidro de mirante no 42º andar do Sampa Sky trinca a 150 metros de altura e precisa ser interditado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Funcionando há um ano, o piso de vidro de um dos dois mirantes do Sampa Sky, localizado no Centro de São Paulo, num dos prédios mais altos da cidade, trincou na última quarta-feira (24) por “motivo adverso”, segundo a empresa. São 150 metros de altura e o local precisou ser interditado.

O outro deck funciona normalmente. Mesmo assim, o problema foi assunto bastante comentado nas redes sociais, gerando preocupação entre alguns frequentadores.

Inaugurado em 8 de agosto de 2021, o Sampa Sky cobra atualmente de R$ 40 a R$ 100 o ingresso para quem quiser visitar os decks de vidro transparente que parecem estar suspensos no ar, mas estão presos a cerca de 150 metros de altura em relação ao solo.

Os decks estão são duas estruturas retráteis que avançam 1,5 m para fora do prédio e proporcionam a sensação de não ter nada sob os pés. Eles estão instalados no 42º andar do Mirante do Vale, que é considerado um dos maiores edifícios da capital. Inaugurado em 1966, ele tem 170 metros e 51 andares.

Leia Também