VÍDEO: Rússia lança mísseis em área residencial da Ucrânia e família com criança se desespera

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Nas imagens é possível perceber a correria, o desespero e o choro de uma criança ao ouvir os bombardeios.

Em meio aos ataques que a Ucrânia vem sofrendo desde o início desta quinta-feira (24), um chamou a atenção de toda população mundial. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um jato militar russo disparando mísseis em uma área residencial do país.

O exato local onde ocorreu o ataque ainda é desconhecido, mas nas imagens é possível ver e ouvir a correria e o desespero das pessoas, inclusive o choro de uma criança assim que as armas são disparadas.

Nessa quarta-feira, a Rússia iniciou ataques à Ucrânia pela terra, pelo ar e pelo mar. É o maior ataque de um país europeu contra outro do mesmo continente desde a Segunda Guerra Mundial. O presidente Vladimir Putin justificou a ação militar é para proteger separatistas no Leste e ameaçou que quem tentar interferir no conflito irá sofrer consequências nunca vistas na história.

“Quem tentar interferir, ou ainda mais, criar ameaças para o nosso país e nosso povo, deve saber que a resposta da Rússia será imediata e levará a consequências como nunca antes experimentado na história”, disse o líder russo.

O governo russo diz ter destruído mais de 70 alvos na Ucrânia, sendo 11 campos de pouso. A polícia ucraniana afirma que a Rússia realizou 203 ataques.

Os confrontos se aproximam da região onde ficava a usina nucelar de Chernobyl e a Ucrânia diz temer que uma batalha no local espalhe uma “nuvem radioativa”.

Logo após o início das operações russas, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zenlensky, pediu calma à população.

“Caros cidadãos ucranianos, esta manhã o presidente Putin anunciou uma operação militar especial em Donbass. A Rússia realizou ataques contra nossa infraestrutura militar e nossos guardas de fronteira. Ouviram-se explosões em muitas cidades da Ucrânia. Estamos introduzindo a lei marcial em todo o território do nosso país. Hoje, cada um de vocês deve manter a calma. Fique em casa se puder. Nós estamos trabalhando. O exército está trabalhando. Todo o setor de defesa e segurança está funcionando. Sem pânico. Nós somos fortes. Estamos prontos para tudo. Vamos vencer todos porque somos a Ucrânia”, disse o presidente ucraniano.

Leia Também