Publicidade

Vídeo: escrivã da PC encontrada morta aparece sendo xingada dentro de delegacia

Facebook
Twitter
WhatsApp

A escrivã Rafaela Drumond, 31, encontrada morta na última sexta-feira (9), aparece em um vídeo sendo xingada dentro de uma delegacia em Carandaí (MG). A Polícia Civil de Minas Gerais afirma que vai periciar o celular de Rafaela e as imagens gravadas.

ADVERTISEMENT

Ela foi achada morta na casa dos pais, em Antônio Carlos (MG), e a ocorrência foi registrada como suicídio.

Rafaela atuava como escrivã na Delegacia de Polícia Civil em Carandaí (MG), e de acordo com o chefe do 13º Departamento de Órgão, delegado-geral Alexsander Soares Diniz, a jovem “era uma policial querida pelos policiais e gostava do exercício da profissão“.

O Sindicato dos Escrivães da Polícia Civil de Minas Gerais (Sindep-MG) informa que foi notificado sobre  assédio moral e sexual contra a policial, além de pressão com sobrecarga na Delegacia.

Em nota pública, o Sindicato afirmou que “também há informações sobre casos de afastamento de policiais por questões de saúde mental na regional onde laborava a escrivã, porém infelizmente essa tragédia aconteceu antes de termos a oportunidade de comparecer ao local“.

 

Veja:

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!
Verified by MonsterInsights