Vergonha: jiujiteiros são presos por uma série de estupros contra mulheres e roubos

Facebook
Twitter
WhatsApp

Mais uma vergonha para a luta. Os jiujiteiros Erberth Santos e André Pessoa foram presos pela Polícia Civil suspeitos de uma série de roubos e estupros em Mato Grosso do Sul. Eles são suspeitos de praticarem o crime contra quatro mulheres em Três Lagoas e Campo Grande, na última quarta-feira (23).

ADVERTISEMENT

Segundo a polícia, uma das vítimas relatou que eles entraram em contato para um programa sexual. No dia do serviço, eles foram até a casa de prostituição e roubaram a mulher. Depois, a estupraram e foram embora.

Em Três Lagoas, a delegada informou que será instaurado o inquérito para apurar os roubos e o estupro. As vítimas já foram ouvidas e reconheceram os autores por fotos. Além disso, a polícia coletou provas no local do crime, como digitais, e já solicitou a prisão preventiva dos dois.

Ainda segundo a polícia, ambos praticavam os crimes juntos e a maioria das vítimas eram garotas de programas e casas de prostituição. Uma das ações dos suspeitos foi filmada por câmeras de segurança.

Os lutadores praticavam o crime com muita violência, principalmente porque sabiam lutar. As vítimas eram agredidas, ameaçadas e amarradas. Com eles foram apreendidos 26 celulares e facas.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!
Verified by MonsterInsights