Vereador Sassá chama Eduardo Braga de ‘golpista’ durante convenção do PT

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Apesar do acordo com o ex-presidente Lula, o senador Eduardo Braga (MDB) não é unanimidade no PT do Amazonas. Neste sábado, durante a convenção do partido, ele foi detonado pelo vereador e candidato a deputado federal Sassá da Construção Civil, que lembrou do voto favorável de Braga ao impeachment de Dilma Roussseff.

“Eu quero ser candidato a federal e eleito pelo povo do Amazonas para defender a classe trabalhadora. Vou falar e se quiser me expulsar do partido que expulse, eu tenho candidato a vice-presidente da República, tenho a federal, ao Senado e a estadual no Amazonas, mas quero dizer que golpista aqui não tem vez. Quero dizer que democracia quando se faz uma coisa errada, está errada. O nosso partido não precisa ser humilhado por algumas pessoas não. Nosso partido tem militância, força e trabalhadores”, disse Sassá.

O deputado estadual Sinésio Campos chegou a pedir que a militância não vaiasse Braga. Em baixa nas pesquisas, Braga tenta colar em Lula para conseguir os votos que pretender obter para governador do Amazonas. “Eu não vou pedir a benção de ninguém e vou apoiar o presidente Lula. O senador Eduardo Braga está fora do meu apoio”, completou.

Leia Também