‘Vamos entregar 10 mil soluções de moradia’, diz Wilson sobre projeto na área de habitação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O governador Wilson Lima, candidato à reeleição pelo União Brasil, destacou que a área de habitação terá prioridade com o projeto que vai garantir 10 mil soluções de moradia. Ele falou sobre seu novo plano de governo para jornalistas.

“Na área da habitação nós temos um projeto para entregar 10 mil soluções de moradia. E quando a gente fala de moradia, não é apenas a entrega de apartamentos. Tem famílias que têm condições de receber um lote e construir sua própria casa; outras podem receber uma indenização ou um bônus moradia. Tem outras famílias que vão ficar com o auxílio aluguel até sair um apartamento”, disse, ao detalhar soluções de moradia.

Wilson ressaltou que sua atual gestão já trabalha com essas soluções de moradia, a exemplo de famílias que têm recebido indenizações e auxílio-aluguel e da construção de habitações, como na comunidade da Sharp, no bairro Armando Mendes, zona leste, que, de forma inédita, está sendo contemplada pelo Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus e do Interior (Prosamin+) pela primeira vez.

“A gente já tem a construção de um conjunto habitacional e já em janeiro do ano de 2023 nós já vamos entregar 32 apartamentos. No bairro da Cachoeirinha, no início do segundo semestre, nós entregaremos mais 72 apartamentos”, ressaltou Wilson.

Para o governador, as soluções de moradia são importantes para reduzir o déficit habitacional e levar qualidade de vida para as famílias que mais precisam.

“O Prosamin+ agrega conceito de sustentabilidade. Vamos ter o reaproveitamento da água da chuva, placas para produção de energia solar em áreas comuns, como praças. É diferente dos outros Prosamins (de governos passados), em que simplesmente colocavam o concreto e acabavam com o igarapé, nós mudaremos o curso ou iremos preservar o igarapé”, afirmou.

Durante o programa, Wilson também destacou ações para defesa da Zona Franca e incentivos a novas matrizes econômicas, segurança pública, saúde e infraestrutura. “Vamos continuar avançando para melhorar saúde, educação, para concluirmos a AM-010, que ano que vem a gente entrega. Eu entreguei a AM-070, por lá passaram quatro governadores e fizeram só 30 quilômetros. E nós vamos entregar a AM-010 pronta, pavimentada”, frisou.

Leia Também