Vacina: em pouco mais de cinco horas, mais de 30 mil pessoas já foram imunizadas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

População comemora e incentiva vacinação no Sambódromo

A 19ª edição do Vacina Amazonas teve início na manhã deste sábado (28/08). O foco desta edição é vacinar pessoas acima dos 40 anos que tomaram a primeira dose até o dia 28 de junho. Até as 14h30, mais de 30 mil pessoas já haviam aproveitado para se vacinar neste primeiro dia de mutirão do Governo do Estado.

O motorista Oderney Duarte foi uma dessas pessoas. Com a dose antes marcada para setembro, ele não perdeu tempo e completou, por ora, o seu ciclo vacinal.

“Eu fiquei muito feliz, porque o meu dia de vacinação era dia 12 de setembro. Houve essa antecipação para hoje e eu fico muito feliz porque eu e minha família, meus amigos, vamos ficar todos imunizados com a segunda dose. E, se tiver a oportunidade de uma terceira dose, não tem problema nenhum, a gente vai tomar a terceira dose sem problema”, comemorou o motorista.

A aplicação da segunda dose é vital para o ciclo vacinal, considerando que a administração adequada da vacina é essencial para que a imunização seja eficaz. Consciente disso, a autônoma Eliete Ramos não se atrasou, e nesta manhã compareceu ao posto de vacinação do Sambódromo.

“Para mim é muito importante fazer essa imunização, para prevenção, para minha saúde, a saúde dos meus familiares, das pessoas que estão ao meu redor. E eu aconselho a todos que venham tomar essa vacina, para que a gente melhore nosso ambiente, nossa comunidade e sermos prevenidos”, disse a autônoma.

Doses – Cerca de 150 mil doses da vacina AstraZeneca foram disponibilizadas pela Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) para esta edição do Vacina Amazonas. Para receber a vacina, é obrigatória a apresentação de documento de identidade original com foto, CPF e o cartão de vacinação com o registro da primeira dose.

Estrutura – Ao todo, 109 postos de vacinação foram montados pelo Governo do Amazonas no Sambódromo, na Arena da Amazônia e no Centro de Convenções Vasco Vasques, que estarão abertos por 33 horas para receber e vacinar com a segunda dose o público-alvo deste mutirão.

Leia Também