Postos de vacinação 24 horas dispõem de UTI móvel para atendimentos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Unidades estão a postos na Arena da Amazônia, Sambódromo e Vasco Vasques

Os três postos de vacinação que estão operando em regime de plantão, durante o mutirão “Vacina Amazonas”, dispõem de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) móveis, prontas para realizar atendimentos de urgência e emergência com suporte avançado. Os veículos, equipados com aparelhos de alta tecnologia, estão estrategicamente posicionados na Arena da Amazônia, Sambódromo e Vasco Vasques, que recebem a população a partir de 28 anos para vacinação contra a Covid-19, desde às 18h de terça até as 18h de quarta-feira (29 e 30/06).

“Nós temos uma empresa prestadora de serviços de transporte terrestre e UTI, que é a WF, e nós solicitamos então o apoio deles, com três carros. Nós temos aqui um truck, que é um carro novo, que ele trouxe, com dois leitos de cuidados intensivos. E para as outras duas unidades, Vasco Vasques e Sambódromo, foi colocada uma unidade de suporte avançado, que é também um carro de UTI, com somente um leito”, disse a secretária executiva adjunta de Atenção às Urgências e Emergências da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Mônica Melo.

Os atendimentos mais comuns, realizados no primeiro mutirão da capital, foram casos de hipertensão, hipotensão, hipoglicemia e reações alérgicas leves. Contudo, as unidades estão preparadas para atendimentos de maior complexidade.

“Tendo necessidade de ocorrência aqui, ele faz o primeiro atendimento, porque, inclusive, são carros que têm aparelhos que fazem o eletro e a gente pode mandar fotografia para a unidade que vai receber esse paciente, para eles prepararem o leito conforme a necessidade do usuário”, observou Mônica Melo.

Estrutura – O veículo posicionado na Arena da Amazônia tem capacidade para dois atendimentos simultâneos.

“A nossa UTI móvel dispõe de duas macas, a gente também dispõe de dois monitores, sendo que todos eles são multiparamétricos, e também dispõe de impressão. Se a gente monitorizar o paciente, todos os parâmetros que nós utilizarmos, como por exemplo, a saturação de oxigênio, batimento cardíaco do paciente, pressão arterial, a gente tem como imprimir esses parâmetros e verificar qual foi o tipo de alteração”, detalhou a enfermeira intensivista Ana Rita Almeida.

Além da enfermeira, também compõe a equipe da unidade um condutor socorrista e um médico.

Vacinação – Arena da Amazônia, Sambódromo e Vasco Vasques seguem recebendo a população a partir de 28 anos para vacinação contra a Covid-19. No Sambódromo, o mutirão iniciou às 9h de terça-feira e segue até 18h de quarta-feira, com 33 horas de vacinação sem intervalos. O Vasco Vasques, assim como a Arena da Amazônia, começou a atender a população às 18h de terça e segue até as 18h de quarta-feira. Os postos da Prefeitura de Manaus funcionarão no horário habitual.

A população a partir de 28 anos que for a um dos pontos de vacinação deve apresentar, obrigatoriamente, documento original com foto, CPF, e comprovante de residência (original e cópia).

Leia Também