Pessoas com idade acima de 50 anos já podem tomar a dose de reforço contra a Covid-19, em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
A ampliação é válida para quem acima de 50 anos e tomou a segunda dose há pelo menos 5 meses.

O prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou no início da tarde desta quinta-feira (4), por meio de suas redes sociais, a ampliação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 para pessoas de 50 a 59 anos, que tenham concluído o esquema vacinal há pelo menos cinco meses. Para receber a terceira dose, basta se dirigir a um dos pontos de vacinação, que a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) disponibiliza em todas as zonas da cidade, e que funcionam das 9h até as 16h.

“É mais uma boa notícia que temos para a nossa população, nessa luta contra a Covid-19. Já temos perto de 67% do público apto a ser imunizado, com o esquema vacinal completo. Até o momento, 63.992 pessoas receberam a dose de reforço. E queremos aumentar ainda mais a proteção de nossos moradores, porque temos no Amazonas a confirmação de casos de variantes do vírus.”, destacou.

A secretária titular da Semsa, Shádia Fraxe, disse que os dados do Vacinômetro da prefeitura apontam que cerca de 1,6 milhão de pessoas já estão com a primeira dose e quase 1,2 milhão com o esquema vacinal completo, com duas doses ou a dose única. “Precisamos avançar na cobertura dessa imunização. Hoje, o nosso Sistema Municipal de Vacinação, no qual são registradas todas as doses aplicadas, indicava que 256.119 pessoas já passaram dos intervalos para a segunda dose dos imunizantes. Esse número equivale a 16% dos que tomaram a primeira dose. Temos as vacinas e a estrutura para receber o público. Nos ajudem a garantir a proteção de todos”, apelou.

Documentos

Quem for receber a primeira dose, estando na faixa etária de 12 a 17 anos deverá estar acompanhado pelo pai, mãe, ou uma pessoa maior de 18 anos, que deverá assinar uma declaração de responsabilidade no verso da cópia do comprovante de residência. Também será necessário apresentar um documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS (CNS). Quem tiver 18 anos ou mais, deve levar o documento de identidade original, com foto, CPF e o comprovante de residência, com cópia.

Para a segunda dose, basta apresentar o documento de identificação, o CPF e a carteira de vacinação com o registro da primeira dose. Quem tiver perdido a carteirinha, pode comprovar pelo aplicativo ConecteSus, que pode ser instalado no celular.

Para a dose de reforço, as pessoas a partir de 50 anos e trabalhadores de saúde devem apresentar identidade, CPF e a carteira de vacinação com o registro das duas doses. Para os imunossuprimidos, que completaram o esquema vacinal há 28 dias ou mais, além dos documentos, deve ser apresentada uma comprovação da condição de saúde cuja lista está disponível nos canais oficiais da Semsa: @semsamanaus, no Instagram, e Semsa Manaus, no Facebook.

Leia Também