Mutirão em Iranduba encerra com aplicação de 2,3 mil doses de vacina contra a Covid-19

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

No mutirão 2.132 adolescentes receberam a primeira dose do imunizante

O mutirão do Vacina Amazonas aplicou 2.340 doses de vacina contra a Covid-19 em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), neste sábado (21/08). Na mobilização realizada pelo Governo do Amazonas, em parceria com a prefeitura de Iranduba, foram vacinados 2.132 adolescentes de 12 a 17 anos com a primeira dose do imunizante e 208 pessoas a partir de 18 anos.

A estudante Bruna Lacerda, 12, contou que recebeu a primeira dose da vacina para retornar com segurança às aulas presenciais. “Foi muito importante para mim tomar a primeira dose da vacina. Eu quero voltar a estudar e conversar com meus amigos na escola”, afirmou a aluna vacinada no drive-thru da Praça dos Três Poderes.

O adolescente Geilson Assis, 15, comemorou e se sentiu grato em ser vacinado contra a Covid-19. “Uma sensação muito gratificante. Achava que a vacina ia demorar mais. Agora posso me proteger mais e mantendo os cuidados, vacinado. É muito importante a vacinação para se proteger e também o próximo”, disse o estudante ao receber o imunizante, no distrito de Cacau Pirêra.

O secretário executivo de Assistência do Interior da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Cássio Espírito Santo, destacou a grande adesão dos adolescentes, em Iranduba, neste mutirão de vacinação.

“O Vacina Amazonas tem sido um sucesso por onde tem passado. Ao analisar os dados estatísticos da FVS, com esses mutirões conseguimos aumentar a quantidade de população vacinada. O gráfico é ascendente mostrando a resolutividade e o efeito que o mutirão apresenta nos municípios. Não é só uma vacina. É uma dose de esperança que salva muitas vidas. A vacina é a solução mais eficaz contra a covid”, disse o secretário.

O prefeito de Iranduba, Augusto Ferraz, agradeceu ao Governo do Estado pela realização da força-tarefa de vacinação no município. “Com a vacinação teremos a oportunidade de alavancar a economia da nossa cidade. Gostaria de agradecer a toda equipe do Governo que se propôs a trazer esse benefício ao município de Iranduba, que é imunizar nossos Irandubenses”, afirmou.

O mutirão iniciou às 8h e encerrou às 17h. Ao todo, foram montados três postos de vacinação distribuídos pela cidade: na Praça dos Três Poderes, na modalidade drive-thru, e nas Escolas Estaduais Isaías Vasconcelos e Senador João Bosco, no Cacau Pirêra, para atendimento de pedestres.

Atendimento – Cada ponto contou com 10 postos de vacinação e um efetivo de 50 servidores do estado para dar agilidade na ação. A grande mobilização de imunização na cidade contou com a participação de servidores da SES-AM, da Fundação de Vigilância e Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Estado do Amazonas (Idam) e das Secretarias de Educação de Educação e Qualidade de Ensino do Amazonas (Seduc) e de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

Vacina Amazonas – Iranduba foi o primeiro município do interior do Estado a receber o mutirão da campanha para acelerar a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos. Ao todo, já são 18 edições do mutirão Vacina Amazonas realizado pelo Governo do Estado, em parceria com as prefeituras municipais.

Além de Manaus, que sediou três edições do mutirão, os municípios de Manacapuru, Novo Airão, Parintins, Rio Preto da Eva, Itacoatiara, Urucará, Iranduba, Itapiranga, São Sebastião do Uatumã, Manaquiri, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Beruri e Caapiranga já receberam a mobilização de vacinação.

Leia Também