Tribunal do crime: Dupla é presa no momento que torturava desafeto, no Jorge Teixeira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Segundo os próprios criminosos, além da tortura a pauladas eles iriam matar o rapaz, que foi “salvo pelo gongo”.

Dois homens, que não tiveram as identidades divulgadas, foram presos em flagrante no momento que torturavam um rapaz. O crime ocorreu na noite dessa quinta-feira (3), na rua Manjerioba, no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus. A vítima por muito pouco não foi morta.

De acordo com os policiais militares da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), eles realizavam patrulhamento na área quando observaram um homem no meio da rua com atitudes suspeitas e apresentando nervosismo. Ao abordarem o suspeito , ele confessou que estava dando cobertura para os comparsas que estavam torturando a pauladas e pretendiam matar um desafeto em uma espécie de “Tribunal do Crime”.

Diante destas informações os policiais adentraram em uma área de mata próxima ao local onde o suspeito estava, porém, ao perceberem a chegada da polícia os criminosos fugiram pela mata. A vítima também saiu correndo do local.

Dois dos integrantes do bando foram presos e a vítima socorrida e levada para o Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo. Aos policiais os criminosos disseram que o local funcionava como uma base do “tribunal do crime”.

Os dois bandidos foram apresentados no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), enquanto a vítima segue internada em estado grave de saúde.

Leia Também