Treze estabelecimentos são fechados por violação da Lei Seca em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Em cumprimento à Lei Seca, determinada na Portaria nº 930/2022, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi), coordenou, na madrugada deste domingo (02/10), uma Central Integrada de Fiscalização (CIF) em bares e restaurantes. Ao todo, 13 estabelecimentos foram fiscalizados nas zonas norte, oeste e sul de Manaus.

Duas equipes de órgãos estaduais e municipais fecharam os estabelecimentos que estavam abertos após a zero hora de hoje. De acordo com a Portaria, está proibido o consumo de bebidas alcoólicas em bares, restaurantes, supermercados, mercearias e estabelecimentos similares, bem como em locais abertos ao público, a partir da zero hora do dia 2 de outubro até às 18h do mesmo dia.

O Secretário de Segurança Pública do Amazonas, general Carlos Alberto Mansur, afirmou que a fiscalização tem como objetivo garantir uma eleição ainda mais segura neste domingo.

“Estamos aqui saindo para fiscalizar o cumprimento da portaria conjunta entre Tribunal Regional Eleitoral e Secretaria de Segurança Pública, que proíbe o consumo de bebida alcoólica em estabelecimentos. É uma operação integrada entre Polícia Militar, Polícia Civil, órgãos da prefeitura e, claro, o TRE, em uma operação que se estende até às 18h deste domingo”, explicou o secretário.

Efetivo

Além de órgãos da SSP-AM e de fiscais do TRE-AM, participaram da operação a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM), Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (SEMEF), Guarda Civil Metropolitana (GCM) e Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

Leia Também