‘Tio Patinhas’, líder de grupo criminoso e procurado pela polícia é preso com 250 kg de drogas em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Foragido desde janeiro deste ano, Klemilson dos Santos Farias, o “Tio Patinhas”, suspeito de ser líder da facção criminosa Comando Vermelho (CV) foi preso na madrugada desta segunda-feira (12), numa igreja no bairro Braga Mendes, Zona Norte de Manaus. Na ocasião, ele confessou aos policiais uma carga de 250 de drogas que estava mandando para o Pará.

A prisão aconteceu durante a Operação “Cidade Mais Segura”, em conjunto da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (SEAOP) e a 30° Companhia Interativa Comunitária (Cicom), quando a polícia recebeu a denúncia de que o criminoso estava numa igreja.

Ao chegarem no local, Tio Patinhas apresentou uma identidade falsa. Foi quando ele foi preso e acabou confessando que havia uma van no Porto do Ceasa com uma carga de aproximadamente 250 kg de maconha do tipo skunk. O entorpecente iria para Belém, no Pará.

O homem e o entorpecente foram levados ao 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Cidade Nova, Zona Norte. Ele tem mandados de prisão em aberto por crimes de tráfico, associação para o tráfico, crime organizado e lavagem de dinheiro.

Alta periculosidade

Na capital, ele é apontado como o chefe da facção CV e responsável por chefiar o tráfico em várias áreas, além de deixar “bilhetes” em vítimas que eram encontradas executadas por estarem devendo a ele.

Em 2018, Tio Patinhas chegou a ser preso em um apartamento de luxo comprado com o dinheiro do tráfico, cerca de R$ 500 mil. O imóvel ficava em Barra de Jangada, no município de Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco.

 

Leia Também