Suspeito de abusar menino desde os 9 anos, homem é preso em Manaus e vítima continua desaparecida

Facebook
Twitter
WhatsApp

Arnibio Andrade, de 53 anos, foi preso nesta quinta-feira (16) suspeito no desaparecimento do adolescente Samuel Monteiro da Silva, de 17 anos, que foi visto pela última vez no dia 23 de dezembro de 2022. O jovem era abusado pelo homem, que seria seu vizinho, desde os 9 anos de idade e aos 13 fez a denúncia para a polícia.

ADVERTISEMENT

Samuel ainda não foi encontrado e a investigação continua. Segundo a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Arnibio é réu no processo que investiga o abuso sexual.

Com o julgamento se aproximando, ele teria procurado a vítima e feito uma proposta para ele desmentir as acusações. O adolescente teria negado e logo em seguida Samuel não foi mais visto.

O suspeito foi chamado à delegacia, mas a delegada informou que ele deu depoimentos inconsistentes e por conta disso a prisão temporária foi pedida. Ele nega saber do paradeiro de Samuel, mas a polícia acredita que ou ele foi morto ou está em cárcere.

“Aos 13 anos o adolescente denunciou o homem e a polícia começou as investigações. A audiência de instrução e o julgamento de Arnibio estava marcado para 6 de fevereiro. No mês de dezembro de 2022, o suspeito começou a entrar em contato com o adolescente para convencer ele a negar as acusações, mas o adolescente disse que iria falar a verdade”, explicou a delegada.

Samuel saiu de casa no dia 23 de dezembro dizendo que ia a uma entrevista de emprego na região comercial do Fuxico, na Zona Leste, mas não foi mais visto. Ele mora no bairro Mutirão, na Zona Norte de Manaus, e chegou a ter problemas com drogas por conta dos abusos.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!