Sindicato dos Policiais Civis escolhe novo presidente após graves denúncias

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O Sindicato dos Policiais Civis do Amazonas (Sinpol-AM), tem novo presidente. É o  investigador da Polícia Civil (PC) Daniel Lima, que assume para enfrentar diversos problemas após várias denúncias contra a gestão anterior, inclusive de uma dívida milionária.

A eleição do último dia 30 de novembro foi anulada e novo pleito foi realizado na última segunda-feira, dia 19, na sede da Delegacia de Polícia Civil do Amazonas, localizada na Avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste de Manaus.

O ex-presidente do sindicato, Jaime Lopes, teve sua candidatura impugnada, após colocar na chapa pessoas que não fazem parte do Sinpol. Daniel Lima e o vice-presidente eleito, Léo Punk, prometem mais transparência na nova gestão.

Foi ele quem denunciou o antecessor por esconder dívidas de R$ 1,3 milhão com a Unimed, empenhar carros do Sinpol e ainda deixar as contas do Sindicato bloqueadas.

“Precisamos escolher pessoas que saibam trilhar os caminhos da conversão de ideias, com articulação política e utilizando de estratégias bem traçadas, buscando soluções para as nossas demandas”, disse Daniel em publicação antes das eleições

E isso sem os sindicalizados serem avisados. “É uma situação muito preocupante, é um valor exorbitante”, relatou Daniel, que afirma que o Sinpol não concedeu acesso ao processo. “Esse processo já está em fase de execução, então esses R$ 1,3 milhão precisam ser pagos“.

 

 

Leia Também