Show de Ana Castela começa com apoio a Bolsonaro e cantora reage: ‘eu não fiz isso’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

SÃO PAULO | Após Gusttavo Lima, Ana Castela, dona do hit ‘Pipoco’, fez questão de exaltar o candidato a presidente em show na última sexta-feira (30). A jovem de 18 anos se apresentava em Santa Fé do Sul, em São Paulo na 38ª Festa do Peão de Boiadeiro de Dourados.

Em vídeo de contagem regressiva para se apresentar, Ana fez uma contagem regressiva a partir do número 22, do Bolsonaro, e incluiu imagens da bandeira do Brasil e exaltando o agronegócio. Quando chegou a vez do número 13, do candidato Lula, ela mudou para 12+1.

O público, é claro, foi à loucura! Os internautas não gostaram nada do posicionamento de Ana e a “cancelaram” nas redes sociais. Melody, que fez um feat com Castela em ‘Pipoco’, foi exaltada já que ela revelou, diversas vezes, que é 100% Lula.

Numa tentativa de se explicar, a artista jogou a culpa na produção do show, dizendo que não sabia dessa “entrada especial” envolvendo política.

“Por favor, apaguem isso. Muita gente vai vir brigar comigo. Não fui eu quem fiz essa abertura. Por favor, eu não me envolvo em política. Foi a produção do evento, eu só fui saber depois do fim do show. Eu não me envolvo em política, eu só quero saber de música”, declarou a cantora em mensagens enviadas ao perfil Choquei.

Ludmilla, que já dividiu o palco com a sertaneja, deixou de seguir a cantora no Instagram.

Leia Também